MEU PROGRESSO

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Em Luto


Olá meninas, e ai como vão as coisas. Por aqui as coisas estão melhorando graças a Deus. Quero começar me desculpando pela ausencia, mas passei por momentos muito dificeis e complicados, mas que infelizmente fazem parte da vida de qualquer ser humano.

Sabe a minha amiga cristiane? Aquela que de vez em quando fazemos uma festa gastronomica? Sabe, da ultima vez que passei uns dias na casa dela, foi uma forma de comemorarmos a melhora do pai dela. Ele passou um tempão internado no BarraDor, por conta de um cancer, mas melhorou e voltou pra casa pra aguardar a cirurgia, mas infelizmente ele piorou e veio a falecer. Gente, não deu pra ser indiferente, pois conhecia o srº Antonio desde os 11 anos, eu e a Cris, costumavamos dizer que tinhamos 2 pais e duas mães. Quando perdi meu pai, a Cris praticamente parou a vida dela e ficou comigo 1 mês, claro que eu tenho e até senti a maior necessidade de fazer o mesmo por ela, até pq tb estou sofrendo a perda dele. Como é ruim revier a perda de uma pessoa amada, sabe ver a dor da minha amiga e da nossa mãezinha é muito complicado, é como reviver a perda do meu pai, e ver o sofrimento da minha mãe novamente.

Só hoje voltei pra casa mesmo, pois até ontem tava entre a minha casa e a casa da Maria (mãe da Cris), pois ela não quer ficar só, então a Cris e o marido vão ficar com ela. Então, foi arrumar a casa, desfazer de td que era no Srº Antônio (que não era pouca coisa), fazer as mudanças da Cris, e ainda dar aquela força. Só dormi lá por uma semana, aliás dormir foi o que menos fizemos, pois a sensação de casa vazia não deixava ninguém relaxar. E mesmo quando voltei pra casa só pra dormir), não tinha animo pra postar, espero que vcs entendam.

Clao, a Ra ficou meio de lado, pois comia o que eu e a cris cozinhavamos pra todos, e pra falar a verdade nem encanei, pois não era hora pra isso. Claro que não me atolei em comida, mas tb não era o que era o melhor pra mim.

Bom, ainda estou passando uns dias por lá, pois agora é a mãe do Márcio (marido da Cris) que não está nada bem, e ele teve que ir pra casa dela, que fica na região dos lagos, e eu fico com minhas meninas dando aquela força.

Mas, na quanta ele volta e eu tenho que deixar elas se acostumarem a triste realidade, e clrao dar mais atenção a minha mamãe.

Bom, é isso, precisava de um tempo pra ajudar quem muito me ajudou. Agora só volto na quarta ok?

Bjs e até lá.

Um comentário:

Domanski disse...

OI TATA,QUERIDA SINTO MUITO PELA SUA PERDA É MUITO TRISTE MESMO.VOLTE QUANTO VC ACHAR QUE É O MOMENTO,ESTAREI AQUI TE ESPERANDO VIU????????1000BJS FIQUE COM DEUS.